Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/ba/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).

Os principais benefícios de ter conta num bar

Pessoas num bar

Ter uma conta num bar pode simplificar muito a vida dos frequentadores regulares desses locais de diversão. A seguir vamos ficar a conhecer os principais benefícios de ter uma conta num bar, e perceber a razão de muitas pessoas optarem por essa espécie de "fidelização".

Confiança no local aonde se vai

Frequentar com maior assiduidade um local no qual se tenha confiança, tanto a nível de qualidade de atendimento, como a nível de excelência dos produtos a consumir, é uma das mais-valias de ter conta num bar.

O facto de ter conta num determinado bar vai fazer com que a pessoa se dirija mais vezes ao mesmo lugar para beber e confraternizar, gerando-se assim uma maior sensação de confiança e tranquilidade para o cliente.

Possibilidade de socializar com fregueses habituais

Outro dos benefícios de ter conta num bar é o facto de ser possível socializar com um determinado número de clientes conhecidos.
Com o passar do tempo vão-se estabelecendo laços de amizade com os outros frequentadores do mesmo bar, o que já não seria tão fácil de acontecer caso se trocasse de bar com frequência.

O barman já conhece os gostos de cada freguês

Algumas pessoas que têm conta num bar afirmam que um dos aspetos mais positivos é o facto de o barman já conhecer suficientemente bem os seus gostos e preferências.
De facto um bom barman jamais esquece o rosto de um cliente habitual, bem como a sua respetiva preferência em matéria de bebidas e cocktails. Essa sensação de familiaridade que se estabelece entre cliente e barman é um dos maiores motivos pelos quais muitas pessoas se fidelizam a um bar.

Sentimento de pertença

Os frequentadores habituais de um bar, principalmente os que possuem conta nesse bar, experimentam um sentimento de pertença que é deveras importante.
Entrar no bar torna-se quase como entrar em casa, e tanto os funcionários do bar como os demais frequentadores passam a ser encarados como uma quase extensão da família. Esse brincar ao faz-de-conta dá-se a um nível inconsciente, e a pessoa nem percebe o porquê de se sentir tão bem quando está no bar.

Passa-se com os frequentadores habituais de um bar algo muito semelhante ao que acontece com os adolescentes sedentos de pertencerem a algum grupo ou associação. Ter conta num bar torna essa pessoa parte de algo e isso pode trazer muito aconchego para o espírito.

Promoções e descontos

Alguns bares no intuito de fidelizarem clientes oferecem descontos aliciantes, fazem promoções vantajosas aos clientes que tenham conta nos seus estabelecimentos e garantem shots bombásticos para beber com amigos.

Poder beneficiar dessas vantagens é de facto um dos benefícios de ter conta num bar. O custo das bebidas e demais produtos adquiridos num bar são regra geral elevados, e é sempre bem-vinda uma oportunidade de gastar menos durante a noite de diversão.

Bom relacionamento com os funcionários do bar

Ter conta num bar faz com que a pessoa frequente esse bar com alguma regularidade, o que leva a que se estabeleçam laços de confiança e à-vontade com os funcionários do bar.

As boas relações com o staff do bar não se limitam apenas ao barman, mas estendem-se a todos os restantes funcionários, desde o porteiro ao segurança à senhora das limpezas, passando pela menina do bengaleiro, etc.

A verdade é que com o passar do tempo todos os rostos se vão tornando familiares, e a sensação de estar entre amigos começa de facto a cimentar-se. Embora esse possa ser um fator que quebra a ilusão de magia tão procurada por muitos frequentadores de bares, a verdade é que também funciona como incentivo para outras pessoas mais apreciadoras dos contactos fiáveis e habituais.

Ter conta num bar relativiza a noção de “vida desregrada”

Hoje em dia a maior parte dos antigos preconceitos estão felizmente ultrapassados, e já se encara com a devida normalidade que muitas pessoas apreciem sair à noite para se divertirem nos bares.

Não obstante ainda existe um certo receio por parte de alguns utilizadores de serem catalogados como irresponsáveis ou imaturos devido ao facto de frequentarem bares. Para combater esse receio nada melhor do que ter conta num bar.

Ao ter conta num determinado bar a pessoa fideliza-se e deixa de saltitar de ar em bar todas as noites. Adquirindo pouso certo adquire também uma certa áurea de maturidade e de responsabilidade. É como se, salvo as óbvias diferenças, passasse a ter sinal aberto num cartório notarial.

Ou seja, a pessoa poderá dizer a quem o questionar sobre o seu eventual comportamento desregrado: “Não frequento muitos bares. Apenas venho a este porque tenho muita confiança com as pessoas daqui. Por sinal até tenho conta neste bar, sou um cliente conhecido de todos.” E assim se desfaz a imagem de frequentador imaturo de locais noturnos onde se bebe até ficar embriagado… Atitude hipócrita? Nem por isso. Apenas ativamento de defesas e preservação da tranquilidade.

Ter conta num bar é muito parecido a ter conta num casino de jogos, ou num supermercado, ou numa mercearia de esquina. O fundamental é que se retirem benefícios dessa fidelização, e que o resultado final seja bom para ambas as partes.

Gostou deste artigo?: